FANDOM


O dobro da Melina
21
Número de episódio 5
Temporada 3
Número total 21
Título em Teremedó Le dopla lada Mellina
Data de estreia 5 de novembro do 2017
Lista de episódios
anterior
Os problemas duma investigação
seguinte
O segredo da ligação
Coisas de Irmãs

O dobro da Melina é o episódio 5 da temporada 3 da série Coisas de Irmãs e o episódio 21 em total. Estreou-se em 5 de novembro do 2017.

Argumento Editar

O episódio começa numa casa da Roménia, onde uma cantora famosa que se chama Mădălina está a tomar o pequeno-almoço com a sua filha calmamente, enquanto na 07, o 0 e a Carla estão a vê-las num ecrã, já que o Josep Maria 22, que já não é almirante porque a FEF já não existe, quer fazer algo com a Mădălina. O 22 diz: “Vou para o meu antigo apartamento” e o 0 diz-lhe: “Tens a certeza que o teu plano funcionará, ou só estás a fazê-lo porque gostas dela?”. O 22 diz: “Funcionará, vós tendes de fazer o que vos disse. Vamos lá!”, e utiliza o teletransportador da nave para ir ao apartamento da Mila. No apartamento, liga à 07 e diz: “Dai-me mais uma vez aqueles transportadores móveis!”, e os objectos que servem para teletransportar alguém dum lugar para outro aparecem na sala de jantar do apartamento do 22. O 22 pergunta ao 0: “Já me preparastes as coordenadas?” e o 0 diz: “Sem dúvida!”. Então a Mila vem perguntar-lhe ao 22: “O que é que tu estás a fazer aqui? E o que é que estes objectos são?”, e o 22 diz: “Estas palavras já as disseste dantes, já mo tinhas perguntado, não o lembras?”. A Mila diz que não, e o 22 diz: “Já tinhas visto estes objectos, mas não os podes recordar porque te dei Retcon, como seguramente voltarei a fazer, por isso é inútil que volte a explicar-to. Mas dir-te-ei outra pergunta: gostarias de conhecer uma cantora famosa romena?”.

A Mila não sabe o que dizer, o 22 activa os três transportadores móveis e forma-se um triângulo que une os três objectos, e no médio do triângulo aparecem a Mădălina e a sua filha, que ficam surpreendidas. O 22 diz em romeno: “Bine aţi venit la Barcelona!”, a Mădălina diz: “Barcelona… asta e Spania?” e o 22 diz: “Da!”. A Mădălina não percebe nada, e a Mila diz: “Quem são elas?”. O 22 diz: “São a Mădălina e a sua filha, ela é uma cantora da Roménia que se parece muito à Melina, e por isso transportei-a para cá, quero fazer uma prova com ela. Ela é aquela que cantava aquela canção que te disse, não o lembras?”, e a Mila diz que não sem saber como é que o 22 as trouxe no meio da sala de jantar do seu apartamento. O 22 diz: “Bem, Mila, ir-nos-emos embora. Mădălina, vino cu mine, vreau să te duc pe tine la locul în care o să-l cunoşti pe dublul tău!”, e a Mădălina diz: “Cine sunteţi?”. O 22 diz: “Sunt amiralul Pământului, şi vin din viitor. Eu v-am teleportat pe tine şi pe fiica ta de la România până la aici, unde eu locuiesc. Haide, vino!”, e ela apanha a sua filha e diz: “Ăsta e viitorul?”. O 22 diz: “Ţi-am spus că vin din viitor, dar ăsta e încă prezentul. Şi prietena mea, Mila, e din timpul tău şi a rămas atât de surprinsă ca şi tine. Dar acum o să ne ducem acasă unde o să-i cunoşti pe părinţii mei!”, e a Mădălina diz: “De ce m-ai luat pe mine?”…

O 22 diz: “Pentru că eşti asemănătoare cu o fată numită Melina, dar pe drum îţi voi explica totul despre misiunea noastră, nu-ţi fie frică!” e a Mădălina decide colaborar. Ela, a sua filha e o 22 vão-se embora do apartamento, e quando saem, o 22 liga à 07 e diz: “0, tirai os transportadores móveis do meu apartamento. Levarei a Mădălina a casa minha para fazer a primeira prova com os meus pais, e se tudo for bem, faremos a nossa missão, estais conforme?”, e o 0 diz: “Queres levar a Mădălina a casa tua?”. O 22 diz que se a Mădălina fizer tudo o que ele lhe disser, quererá dizer que podem confiar nela para fazerem a missão. Enquanto isso, num lugar desconhecido, o Jordi Alejos García e a regenta Andrea estão a ver as acções do 22 com a Mădălina, e o Jordi Alejos García diz à Andrea: “Sabes o que está a fazer?”. A Andrea diz: “Não, no entanto temos de vigiar, não sabemos o que está a planear. Mas ele também não sabe nada dos nossos planos!”. Num auto-ónibus, a Mădălina diz: “Isto é: tenho de fingir que sou a Melina?” e o 22 diz: “Apesar de eu falar romeno, é mais cómodo para mim falar na minha língua e utilizar o tradutor de vozes, assim perceber-te-ei melhor e poder-te-ei explicar tudo melhor…”. A Mădălina diz: “O que?”, o 22 diz: “Olha-me como se movem os meus lábios. Podes ver que o que digo não corresponde com o movimento dos meus lábios?” e a Mădălina diz: “O que é que isso quer dizer?”…

O 22 explica que o tradutor de vozes faz com que a outra pessoa ouça uma língua diferente da língua da pessoa que fala, e diz que também é tecnologia do futuro. Finalmente chegam à casa do 22, e o 22 diz: “Lembra o que te disse, tens de dizer que és a Melina!”. Entram na casa do 22 com as chaves dele, e os pais surpreendem-se. O 22 diz: “Levo uma amiga comigo, ela é a Melina. Já vos falei dela dantes, não vos falei?”, e o pai do 22 diz-lhe: “Olá, Melina…”. A Mădălina diz: “Sois do futuro?” e os pais dizem: “O que?”. A Mădălina diz: “Vim para Barcelona com os vossos teletransportadores…” e o 22 interrompe-a dizendo: “Faz o que te disse!”. O pai do 22 diz: “O que é isto que diz ela?” e a mãe diz que ela se parece à Mădălina da Roménia, já que a viu numas fotografas. Mas a Mădălina diz: “Sou a Mădălina, e ela é a minha filha… Espera, onde está a minha filha?”, e o 22 diz: “Oculta com um holo-emissor móvel, e só posso vê-la eu. Mas está aqui ao lado. Anais, mă auzi?” e uma voz diz: “Da!”. O pai do 22 diz: “Quem disse isso?” e o 22 tira o holo-emissor do braço da Anais, e ela torna-se visível. O 22 diz: “Acabei a minha prova, já vejo que não se pode confiar nela…”.

A mãe do 22 diz: “Ela é a Mădălina?” e o 22 diz: “Sim… Uns amigos meus do futuro puderam teletransportá-la ao meu apartamento e de auto-ónibus trouxe-a para cá para falarmos convosco…”. Num lugar desconhecido, o Jordi Alejos García diz: “É hora de fazeres o teu plano…” e a Andrea activa um objecto… De repente, na casa do 22, a Mădălina cai inconsciente… e nuns segundos mais tarde abre os olhos. O 22 diz: “Mădălina, estás bem?” e a Anais diz: “Mamã!”. Mas a Mădălina diz: “Vai tudo bem, não vos tendes de preocupar. Podeis levar-me outra vez para o lugar desde onde me transportastes?”, e o 22 diz: “Por que?”. Mas a Mădălina diz forte: “Fazei-o!”. O 22 surpreende-se, já que a Mădălina está a actuar duma maneira diferente, mas diz: “Muito bem, voltamos para o apartamento, mas como que a minha prova não funcionou, dar-vos-ei Retcon para esquecerdes tudo. Mădălina, vamos à paragem do auto-ónibus!” mas a Mădălina diz: “Utilizai o teletransportador, quero chegar depressa!”. O 22 aceita, já que pensa que a Mădălina quer voltar a casa. Ele liga à 07 e diz: “Dai-me os transportadores móveis aqui, em casa minha, levaremos a Mădălina directamente para a Roménia!”, mas a Mădălina diz: “Não, quero ir ao teu apartamento!”. O 22 duvida e diz: “Um momento… por que ao apartamento?” e a Mădălina diz: “Depressa!”. O 22 diz ao 0: “Temos um grande problema…”.

O 22 diz: “Transportai a Mădălina directamente à 07 com um campo de força, é uma ordem!” e a Mădălina quer atacar, mas desaparece da casa do 22. O 22 diz aos seus pais: “Deixai-me que solucione isto, acho que alguém possuiu a Mădălina!”, e a Anais está assustada porque a sua mãe está duma maneira diferente a como a conhece. O 22 diz: “0, teletransporta a Anais e eu à 07!” e os dois vão à 07. O 0 diz: “22, a Mădălina quer falar connosco…” e a Mădălina diz: “Sou a Andrea, e o meu amigo que já conheceis, o Jordi Alejos García, quer fazer um pacto convosco: ou trazeis este corpo da Mădălina ao apartamento do 22, ou matarei este corpo!”. O 22 diz: “Inibidores de transporte e preparai um rap, se fordes inteligentes já sabereis o que tendes de fazer. Vamos!”, mas então a Mădălina diz: “Já vejo que não posso negociar convosco…” e começa a tossir e a afogar-se. O 22 diz: “Vamos, depressa!” e o 0 traz os inibidores e diz-lhe: “A Carla está a preparar o rap…”. O 22 contacta com a Carla e diz: “Sabes fazê-lo?” e a Carla diz: “Só diz-me quando e fá-lo-ei”. O 22 diz ao 0: “Segura-a, eu ponho-lho!”, e enquanto o 0 segura a Mădălina para evitar que se mova, o 22 põe o inibidor no braço da Mădălina e diz: “Levai-a com a sua filha para casa sua!”, e o 0 transporta a Mădălina e a sua filha para a Roménia. Então o 22 diz: “Carla, agora!”. A Carla toca uns botões na sala do supercomputador e o 22 diz: “Voltamos ao passado, agora!”…

De novo no passado, o 22 desde a sua habitação liga à 07 e diz ao 0: “Ela está bem?” e o 0 diz: “Perfeitamente, e não lembra nada. Junto do inibidor, injectei-lhe no braço uma nova medicina que lhe fez esquecer tudo o que viu hoje…”. O 22 diz: “Uma nova medicina?” e o 0 diz: “Se calhar acha que foi um sonho, mas acho que foi bastante eficaz, foi um invento meu recente que poderia ser alternativo ao regresso ao passado. O que é que tu pensas disso?”. O 22 diz: “Inventaste o Retcon!” e o 0 diz: “Posso melhorá-lo, mas sim, o que inventei é basicamente Retcon!”. O 22 diz: “Já que a FEF não existe, acho que poderíamos denominar-nos Torchwood!” e o 0 diz: “Já vejo que gostas muito desta série…”. O 22 ri, e diz-lhe: “Sim, já o sabes…” e o 0 diz: “Do que é que tu gostas mais, de Torchwood ou da Mădălina?”. O 22 ri de novo, e o 0 diz: “Ou da Melina?” e o 22 diz: “Isto não fez para nada rir! Mas tenho de ter cuidado, já que não quero cair no mesmo problema que com a Andrea!”. O 0 diz: “Sim, podes fingir que gostas de alguém, mas tens de evitar começares a sentir nada por este alguém!” e o 22 diz: “É difícil, mas tentá-lo-ei”. Enquanto isso, a Mila sai da sua habitação para jantar, e o 22 diz-lhe por WhatsApp: “Sabes quem é a Mădălina?” e a Mila diz que não. O 22 diz: “É aquela cantora que se parece à Melina. Pois parece-me que hoje tomou Retcon…” e a Mila não diz nada e continua a jantar.

Num lugar desconhecido, a Andrea diz ao Jordi Alejos García: “Fizeram algo, mas não sei o que fizeram, no entanto tenho a certeza de que fizeram um regresso ao passado e que o esquecemos…” e o Jordi Alejos García diz: “Graças aos dados que a Melina tomou daquela nave, acho que tu e eu também nos podemos imunizar!”. Então ele e a Andrea metem-se nuns aparelhos que há nesta habitação, os aparelhos fecham-se e quando se abrem o Jordi Alejos García diz: “Agora só faz falta encontrarmos o programa para voltar ao passado!”. A Andrea diz: “Funcionou a tua imunização?” e o Jordi Alejos García diz: “Sem dúvida!”. A Andrea diz: “Bem, agora temos de continuar o nosso trabalho, tal como planeámos. Não poderão fazer nada connosco, o antigo almirante da Terra da antiga FEF morrerá nas minhas mãos… lentamente!” e ri. O Jordi Alejos García pergunta-lhe: “Por que é que tu tens tanta raiva contra aquele rapaz?” e a Andrea diz: “Não tivemos nenhuma relação sentimental, se isto for o que perguntaste…” e o Jordi Alejos García diz: “Então, o que é que se passou?” e a Andrea diz: “No começo era pura rivalidade, mas num dia ele enganou-me e quase morri, isto é, fui derrotada por ele. E isto ele pagá-lo-á bem caro!”. O Jordi Alejos García diz: “Sim, e eu ajudar-te-ei!”…